Áudio revela que SINTEAM está usando a greve dos professores para tentar conseguir cargos comissionados para o PCdoB no Governo do Estado. Ouça o Áudio.

Áudio revela que SINTEAM está usando a greve dos professores para tentar conseguir cargos comissionados para o PCdoB no Governo do Estado. Ouça o Áudio.

Começou a circular nesta segunda-feira nas redes sociais e no WhatsApp um áudio em que uma professora revela o que seria uma sórdida “armação” do Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Amazonas (Sinteam) com o objetivo de negociar cargos para membros do PCdoB no Governo do Amazonas.

A sordidez da “armação” está no fato de que o Sinteam estaria usando a greve de professores da rede estadual de ensino para conseguir cargos comissionados no Governo do Estado, segundo a professora.

Por causa disso, ressalta no áudio a professora, parcela significativa dos professores já decidiu voltar para a sala de aula. De acordo com ela, eles não querem ser “massa de manobra”.

“…quem tava por trás deles era a Vanessa Graziottin, que estava, na verdade, em busca de cargos no Governo”, diz um trecho do áudio, que revela que, por esse motivo, Ana Cristina Rodrigues, presidente do Sinteam, não quis unificar o movimento grevista como pedia o Sindicato dos Professores e Pedagogos de Manaus (Asprom Sindical

Veja o que a professora afirma sobre esse assunto:

“Então muitos professores já sabem dessa informação e não querem ser massa de manobra do Cléber e da Ana Cristina, que não quis unificar os movimentos porque ela quer respeitar o partido dela e o partido dela disse que não era pra ela unificar os movimentos. Então muitos professores estão voltando pra sala de aula e vão enfraquecer o movimento. Muito provavelmente na terça-feira nossa greve vai acabar”.

Não é novidade para ninguém que a maioria dos dirigentes do Sinteam é composta por integrantes do PCdoB, e que o partido sempre usou o sindicato para negociar cargos públicos, sejam no Governo do Estado ou na Prefeitura de Manaus.

 


Fechar Menu