Mais de 30 motoristas descumprem Lei Seca durante feriado da Páscoa em Manaus

Mais de 30 motoristas descumprem Lei Seca durante feriado da Páscoa em Manaus

Trinta e nove motoristas alcoolizados foram flagrados pela Lei Seca durante o feriado prolongado da Páscoa, em Manaus. Outras 117 pessoas também foram autuadas por outras irregularidades. As ações do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) ocorreram entre a quinta-feira (1º) e o domingo de Páscoa (4).

O foco da operação foram as barreiras das saídas da capital pelas rodovias estaduais AM-070 e AM-010. Nos demais dias, as operações ocorreram nas ruas da cidade, com foco na Lei Seca.

Na quinta, as abordagens começaram na barreira policial localizada na saída da AM-010, que liga Manaus a Rio Preto da Eva, onde dois condutores foram flagrados dirigindo sob efeito de bebida alcoólica e tiveram a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) recolhida.

Ainda na noite de quinta, o Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot) montou uma blitz na avenida Coronel Teixeira. Sete condutores foram flagrados no teste do bafômetro e três se recusaram a fazê-lo. Além disso, dez pessoas tiveram a CNH recolhida e quatro motocicletas acabaram sendo removidas por irregularidades.

No sábado (3), as abordagens aconteceram na zona centro-sul da capital. Ao todo, 85 autos de infração foram emitidos, sendo 12 por presença de álcool no sangue. Neste dia, sete motocicletas e dois carros foram removidos para o parqueamento do Detran.

Na operação realizada no domingo, o foco foi a volta dos balneários e dos sítios com acesso pela região do Tarumã, na zona oeste. A fiscalização foi montada na rua Agente Mauro Lobo, na Ponta Negra. No local, 18 condutores foram flagrados no bafômetro e três se recusaram a fazer o teste. Foram 47 infrações cometidas, resultando em três veículos removidos, 16 CNHs e seis Certificados de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) recolhidos.

“Intensificamos as operações nas rodovias estaduais, AM-010 e AM-070, no início do feriado, devido ao grande fluxo de veículos na saída da cidade. Nos demais dias, identificamos muitos carros em situação irregular e diversos condutores insistindo na combinação nefasta de dirigir sob o efeito de bebida alcoólica”, explicou o diretor-presidente do Detran-AM, Rodrigo de Sá.


Fechar Menu