Mamata em Figueiredo contrata serviço de limpeza de ruas com dispensa de licitação por R$ 1,6 milhão

Mamata em Figueiredo contrata serviço de limpeza de ruas com dispensa de licitação por R$ 1,6 milhão

A prefeita de Presidente Figueiredo, Patrícia Lopes Miranda (MDB), vai pagar com recursos do erário público R$ 1,6 milhão à empresa Basalto Construções e Projetos LTDA., contratada para o serviço de limpeza das ruas de Presidente Figueiredo da área urbana e rural do município.

A Basalto Construções e Projetos é de propriedade de Francisco Edmundo Lopes Neto, que no passado recente, na gestão de Romeiro Mendonça, já participava desse tipo de mamata, reprisado, agora, na administração de Patrícia Lopes Miranda.

Presidente Figueiredo fica na ilharga de Manaus, que reúne centenas de empresas habilitas para o serviço, e nem por isso a prefeitura abriu concorrência pública, indispensável e necessário para dar visibilidade e transparência ao processo.

O que fez Patrícia Lopes? Contratou os serviços de Edmundo Lopes com dispensa de licitação, como atesta cópia do Diário Oficial dos Municípios do dia 15 de fevereiro.

Mais de R$ 500 mil por mês é o valor que vai cair no bolso de Edmundo Lopes para limpar as ruas da cidade de Presidente Figueiredo.

Isso não é legal, senhores e senhoras conselheiros do Tribunal de Contas do Estados e representantes do Ministério Público?

Mamata como essa, praticada sem nenhum pudor republicano na gestão Romeiro Mendonça, que contratou a Basalto Construções para o mesmo serviço, por R$ 6,6 milhões, só podia dá repeteco. E deu.

R$ 1,6 milhão por três meses para limpar as ruas da cidade não é muito? Com o devido respeito a honrosa decência pública da prefeita, é um assalto.

R$ 500 mil por mês, para limpar as ruas de uma cidade que é menor do que o quintal do bairro da Aparecida, em Manaus, parece um desrespeito com o dinheiro público.


Fechar Menu