Pela primeira vez na história, novos dirigentes do TJ-AM são empossados em sessão virtual nesta sexta (03)

Pela primeira vez na história, novos dirigentes do TJ-AM são empossados em sessão virtual nesta sexta (03)

Solenidade costumava ser realizada no Teatro Amazonas, mas passou por ajustes devido à pandemia de Covid-19. Domingos Jorge Chalub Pereira assumirá a presidência do Tribunal.

Em sessão inédita e histórica, o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) realiza nesta sexta-feira (03), a partir das 10h, a Sessão Solene de Posse dos novos dirigentes da Corte, para o biênio 2020 a 2022. O desembargador Domingos Jorge Chalub Pereira assumirá a presidência do Tribunal.

Também tomam posse a desembargadora Carla Maria Santos dos Reis, como vice-presidente, e a desembargadora Nélia Caminha Jorge, como corregedora-geral de Justiça.

Está será a primeira vez na história, desde a instituição do Poder Judiciário Estadual, em 1892, que a posse de novos dirigentes do Tribunal não será presencial, devido à pandemia do novo coronavírus. Antes, era tradição que solenidade fosse sediada no Teatro Amazonas.

A cerimônia de posse ocorrerá por videoconferência e poderá ser acompanha pelo hotsite criado para o eventono Portal do TJAM ou diretamente pelo canal da Corte na plataforma YouTube.

Os novos dirigentes do TJAM foram escolhidos em sessão ocorrida, também por meio de videoconferência, no dia 14 de abril deste ano. Eles irão suceder o desembargador Yedo Simões de Oliveira (presidente); Wellington José de Araújo (vice-presidente) e Lafayette Carneiro Vieira Júnior (corregedor-geral), que dirigiram a Corte nos últimos dois anos.

De acordo com a Divisão de Cerimonial do TJAM, além dos 26 desembargadores que integram a Corte Estadual, 14 autoridades também comporão a Mesa de Honra Virtual da solenidade, entre elas o presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro João Otávio de Noronha; o corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Eustáquio Soares Martins; o ministro do STJ, Mauro Campbell Marques e as principais autoridades locais.


Fechar Menu