Site de Manaus previu, há seis meses, a ‘trama de Nicolau e Omar’ para usar a covid-19 na campanha eleitoral

Site de Manaus previu, há seis meses, a ‘trama de Nicolau e Omar’ para usar a covid-19 na campanha eleitoral

No dia 14 de abril, às 20h55, portanto há seis meses, o site Laranjeiras FM publicou uma notícia com o título ‘Saiba a real história sobre o afastamento de Ricardo Nicolau (PSD) do cargo de deputado’, informando sobre como uma “trupe de políticos”, “encabeçada pelo senador Omar Aziz (PSD)” planejou usar o sofrimento das pessoas que perdiam seus entes queridos para a Covid-19 para lançar um candidato a prefeito de Manaus.

O site informou que o deputado Ricardo Nicolau se afastou por 60 dias de suas funções na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE), “para segundo ele, poder dar mais atenção ao caos na saúde do Amazonas e auxiliar de perto o hospital de campanha montado com parceria entre a empresa de sua família, o Hospital Samel e a Prefeitura de Manaus, em nome da dignidade e do respeito à vida… política dele mesmo”.

No subtítulo ‘Bastidores sórdidos’, o site FM Laranjeiras informou que o projeto político de Ricardo Nicolau, em aliança com o prefeito de Manaus Arthur Neto (PSDB) e com “o honesto probo e honrado (no mundo dele), senador Omar Aziz (PSD), assombraria até a família Adams: usar a pandemia do novo coronavírus para fins eleitorais”. Segundo o site, “não é nenhuma novidade e não precisa ser o gênio da garrafa para saber que isso já está corriqueiro entre os políticos”.

Em outro subtítulo, ‘Estratégia demoníaca’, o site disse que a ideia era “construir uma popularidade de boa gestão na saúde pública, para lançar o deputado Nicolau como candidato à Prefeitura de Manaus nas eleições deste ano”. E que “o carro chefe desta tramoia repulsiva é o Hospital de Campanha Gilberto Novaes, que deverá receber apenas pacientes de baixíssimo risco de vida para tratamento da Covid-19”.

“Desta maneira a trupe de tratantes cresceria sua popularidade, já que, o Hospital não teria óbitos e seria um prato cheio para opinião pública afagar o ego desvairado de seus mentores”, afirmou o site.

O Laranjeira informou que Nicolau “quer vender para a opinião pública uma gestão em saúde perfeita, logo ele que nunca fiscalizou um hospital público”. E que, “neste momento de pandemia, a Samel, que não atende nem seus clientes do plano de saúde apropriadamente, apareceu com uma solução milagrosa, e faz isso pois quer o bem das pessoas, mesmo não dando publicidade a nenhuma campanha de cunho social, estranho… muito estranho”.

O site também estranhou “ o fato do sócio relâmpago de Ricardo Nicolau na Samel e Transire, o empresário Gilberto Novaes, levar o nome do hospital (de campanha instalado pela Prefeitura, e que durou apenas dois meses, atendendo só 540 pessoas)”. Segundo o site, “Gilberto já ganhou até comenda na Assembleia, e é conhecido por ser leve e sorrateiro em seus negócios” e “ nunca é pelo bem social”.

O site disse que ficaria “de olho”: ao acompanhar os trabalhos desenvolvidos no Hospital de Campanha Gilberto Novaes, um repórter da Laranjeiras FM, observou o habitual destempero de Ricardo Nicolau e também o recebimento de uma ligação do senador Omar Aziz ao deputado. Na conversa, Omar demonstrava interesse no projeto (político), e o deputado respondia que tudo iria conforme o planejado”.

Crime eleitoral

O site também informou que Ministério Público Eleitoral (MPE-AM), até aquele momento, não se manifestou sobre “o evidente uso da pandemia do novo coronavírus para fins eleitorais e sequer montou fiscalizações das ações de políticos que se colocam como candidatos nas eleições deste ano”.


Fechar Menu