Temporal derruba árvores e causa prejuízos em Manacapuru, no AM

Temporal derruba árvores e causa prejuízos em Manacapuru, no AM

Corpo de Bombeiros atendeu quatro ocorrências de árvores que caíram sobre casas. Telhados também foram arrancados.

Um temporal que atingiu a cidade de Manacapuru, distante 68 Km de Manaus, derrubou árvores e causou prejuízos a moradores na madrugada dessa quinta-feira (1º). O Corpo de Bombeiros atendeu quatro ocorrências de árvores que caíram sobre casas. Não houve registro de feridos.

De acordo com os bombeiros, a 2ª Companhia Independente Bombeiro Militar (2ª CIBM) atendeu as ocorrências para corte de árvore sobre residências no bairro Morada do Sol.

Corpo de Bombeiros atendeu ocorrências de corte de árvores sobre residências. — Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

A forte chuva também deixou casas destelhadas na cidade. O pastor João Paulo, de 30 anos, informou que a casa dele, na rua Donato Coelho, bairro Monte Cristo, foi uma das afetadas. O vendaval arrancou o telhado da residência.

“Estávamos sentindo um vento calmo, e então começou a chuva e o vento começou a ficar mais forte. Minha esposa foi para a cozinha, por conta de uma goteira, e escutamos o teto tremer. Na hora que ela e meu enteado vieram pra perto de mim, arrancou o teto e surgiu uma ‘claridão’ de raios”, relatou.

João Paulo contou, ainda, que a força da chuva começou a derrubar tijolos e partes da parede da casa, além da estrutura de madeira que sustentava o telhado. Fios de eletricidade também se romperam, mas não deixou feridos.

“Ficamos com medo de morrer eletrocutados. Nos escondemos debaixo da cama por alguns minutos e, quando saímos, corremos para a casa da vizinha. O teto da casa foi parar no meio da rua”, lembrou.

Forte chuva causou prejuízos em Manacapuru, no interior do Amazonas. — Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

O pastor denunciou que equipes da Defesa Civil do município só foram ao local no fim do dia, e apenas coletaram dados da família. Ele informou não recebeu nenhum tipo de apoio diante da situação.

A Defesa Civil da cidade informou que todas as pessoas afetadas pela chuva foram atendidas nessa quinta-feira. Em relação a casa do pastor, o órgão informou que a responsabilidade dos reparos é do proprietário, já que o imóvel é alugado e gera renda.


Fechar Menu