Zé Lopes segue preso e cogita delação premiada

Zé Lopes segue preso e cogita delação premiada

Lopes continua atrás das grades por determinação da Justiça Federal do Amazonas.

Conhecido como eminência parda nos governos de Amazonino Mendes e José Melo, o pecuarista paulista fez fortuna, tornou-se milionário e dava as cartas nos bastidores da política amazonense nos últimos trinta anos.

Acabou sendo preso por envolvimento no esquema de corrupção chefiado pelo médico Mouhamad Moustafá, investigado na Operação Maus Caminhos, que já prendeu e ainda vai prender muita gente graúda.

O tempo de prisão de José Lopes é um inimigo poderoso da classe política, que poderá ser implodida caso ele faça delação premiada ao Ministério Público Federal.

Verdadeiro arquivo vivo da corrupção no Governo do Amazonas desde o ano de 1986, pode não suportar a solidão do cárcere e o abandono dos antigos parceiros, e abrir o bico.

É tudo que os procuradores da República querem e é o pesadelo que atormenta a classe política e empresarial do Amazonas. Não ficará pedra sobre pedra, se o ex-poderoso Zé Lopes der com a língua nos dentes.


Fechar Menu