PGR não pediu afastamento do governador: lamentável

PGR não pediu afastamento do governador: lamentável

Dono da TV Norte já foi preso por desvios na saúde

A TV Norte, afiliada do SBT em Manaus está reproduzindo uma fake news para prejudicar a imagem do Governo e fazer uso eleitoral de informação falsa. A emissora noticiou nesta segunda-feira (16), que a Procuradoria Geral da República (PGR), pediu o afastamento do governador do Amazonas Wilson Lima (PSC) do cargo, fato prontamente negado pela assessoria do governo.

Em seu Twitter o governador classificou como lamentável a tentativa da emissora de espalhar fake News enganando a sociedade. “É lamentável, que um veículo de comunicação, como a TV Norte, afiliada do SBT, que tem o dever de informar, sigam a onda das fake News, sem sequer apurar a verdade. Isso falta de responsabilidade, prejudica milhares de pessoas e em nada acrescenta com o trabalho de melhorar o Amazonas”, disse Wilson.

O dono da TV Norte, que até pouco tempo se chamava TV Em Tempo, Sérgio Bringel, já foi preso em uma das fases da Operação Maus Caminhos por fazer parte de uma quadrilha que desviava dinheiro da saúde do estado.

Segundo a Polícia Federal (PF), Bringel era sócio administrador das empresas do grupo Bringel que detinha mais de R$ 250 milhões em contratos com o governo e após a perda de espaço no Governo Wilson Lima, o ataca na intenção de coagi-lo.

Sérgio Bringel, dono da TV Norte e ex-presidiário acusado de desvios na saúde (Foto: Reprodução Internet)

Não seria a primeira tentativa de Sérgio de chantagear o governo, em meio a pandemia, o empresário articulou a vinda do jornalista Roberto Cabrini para fazer reportagens tendenciosas contra o governo. 

Efeito segundo turno

Outros meios de comunicação como portais ligados ao candidato Amazonino Mendes (Podemos) também estão espalhando a mesma informação na tentativa de ligar o adversário dele no segundo turno David Almeida (Avante), ao atual governo.

A estratégia visa minar politicamente o crescimento de David e sua iminente vitória. Tanto o governado quanto o candidato David Almeida negam que há apoio ao candidato.

Dicas para identificar possíveis Fake News (Fonte: Conselho Nacional de Justiça):

– Desconfie de notícias absurdas, com tom alarmista ou que pdem para ser compartilhadas.

– Desconfie se a notícia apela para toerias da conspiração para gerar revolta.

– A notícia falsa pode vim com dados aleatórios para dar a aparência de ser verdade.

-Desconfie se tiver muito adjetivos, erros de português e se a fonte for um site pouco conhecido.

E o que devo fazer antes de compartilhar uma notícia? (Fonte: Conselho Nacional de Justiça):

– Não repasse se não houver fonte ou se estiver em dúvidas quanto a veracidade.

– Cheque a fonte original, quem publicou e a data que foi publicada.

– Pesquise outra fonte para averiguar a notícia.

– Leia a notícia inteira, não só o título.

– Não acredite em tudo o que você vê na internet!


Fechar Menu