Cinco policiais militares são presos em operação do Gaeco no Amazonas

Cinco policiais militares do Amazonas foram presos durante a Operação “Espólio”, deflagrada nesta sexta-feira (29) pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), do Ministério Público do Amazonas (MP-AM). Segundo o MP, os militares são suspeitos de integrar uma organização criminosa envolvida em crimes de extorsão, cárcere privado, roubo e invasão de domicílio.

Do total de presos, um é oficial e quanto são soldados. Os nomes e os locais onde os policiais trabalhavam não foram divulgados pelo MP.

Segundo o promotor de Justiça do MP, Iranilson Ribeiro, a investigação começou há alguns dias, após uma das vítimas denunciar o caso na Auditoria da Justiça Militar do MP.

“Os alvos da organização eram pessoas que eles sabiam que já tinha algum problema com a Justiça. Diante disso, eles procuravam as vítimas e praticavam os crimes”, afirmou Iranilson Ribeiro.

 

O subdiretor de Justiça e Disciplina da Polícia Militar do Amazonas (DJD-PMAM), major PM, Marcos Antônio Almeida, informou que os militares vão continuar presos em um quartel da corporação, e que um inquérito administrativo disciplinar foi instaurado para apurar a conduta dos agentes.