Polícia

Dupla é presa por suspeita de roubo e receptação de medidor de energia em Manaus

  • março 7, 2020
  • 3 min read
Dupla é presa por suspeita de roubo e receptação de medidor de energia em Manaus

Segundo polícia, um deles era funcionário de empresa terceirizada de energia.

Dois homens – de 52 e 54 anos – foram presos em Manaus por suspeita de furto e receptação de um medidor de energia. Segundo a Delegacia Especializada em Combate ao Furto de Energia, Água, Gás e Serviços de Telecomunicações (DECFS), as prisões ocorreram em flagrante na Rua dos Macucauas, bairro Cidade de Deus, Zona Norte da cidade.

Segundo o titular da unidade policial, Paulo Benelli, os indivíduos realizavam fraude em medidores de energia da capital. Um deles era funcionário de uma empresa terceirizada de energia e, no dia do fato, estava de folga.

Na ocasião, a equipe de investigação flagrou o indivíduo retirando um medidor de energia na Rua Guariba, na primeira etapa do conjunto Cidade Nova, naquela área da cidade. Após o ato, os policiais seguiram o infrator e verificaram que ele entrou com o equipamento subtraído em uma residência no bairro Cidade de Deus.

“A equipe da especializada entrou em contato com a empresa de energia que o indivíduo era funcionário e foi constatado que não havia Ordens de Serviços naquela região. Foi informado, ainda, que o equipamento retirado era de propriedade da concessionaria de energia, e tal remoção, por não ter sido autorizada, foi qualificado como furto” comentou o delegado Benelli.

Conforme o titular, os policiais aguardaram um dos suspeitos do lado de fora da residência na qual ele entrou e, após vinte minutos, ele saiu com o medidor de energia em mãos. Na abordagem, foi verificado que o equipamento furtado estava com indícios de fraude. Ele confessou que havia acabado de sair da casa do outro suspeito, ex-eletricista, que teria adulterado o medidor.

O delegado relatou que o homem confessou que havia realizado a fraude. Após dar voz de prisão a ele, foram realizadas buscas na casa, onde foi detectado um laboratório clandestino de objetos de mediação elétrica.

No local, foram encontrados diversos lacres de mediador de energia, fardamento de uma empresa de concessionária elétrica, cola especial e uma furadeira que era utilizada para realizar as fraudes.

De acordo com Benelli, as investigações em torno do caso irão continuar para apurar se houve crime de corrupção. O delegado informa, ainda, que a prisão poderá ter desdobramento e outros funcionários da empresa possivelmente possam estar envolvidos.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − doze =