Manaus Polícia

Homem é condenado a 18 anos de prisão por morte de engenheira em Manaus

  • abril 21, 2022
  • 2 min read
Homem é condenado a 18 anos de prisão por morte de engenheira em Manaus

Um homem acusado de participar da morte de uma engenheira encontrada dentro de um carro no estacionamento de um hospital de Manaus, em 2020, foi condenado a 18 anos de prisão pelo crime, conforme o Ministério Público do Amazonas (MPAM).

Segundo os autos, a vítima trabalhava com prática de agiotagem e o réu era quem cobrava valores para ela.

No dia do crime, em 3 de janeiro de 2020, o homem se reuniu com a vítima, dentro do carro dela, no bairro Ponta Negra, na Zona Oeste de Manaus. Após uma discussão sobre a forma de cobrança do dinheiro da agiotagem, o homem asfixiou a vítima usando um cordão.

Após cometer o crime, o condenado abandonou o carro com o corpo da vítima no estacionamento do Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, na Zona Centro-sul de Manaus.”O réu foi preso seis dias após o crime, em razão de um excelente trabalho da Delegacia de Homicídios e Sequestros. A condenação ressalta a atuação do Tribunal do Júri que fez justiça à vítima, aos seus familiares e ao réu, mesmo diante do preconceito que pairava sobre a vítima”, afirmou a Promotora de Justiça Márcia Cristina de Lima Oliveira.