Amazonas Polícia

Homem não aparece no próprio julgamento, mas é condenado por tentativa de homicídio no AM

  • fevereiro 2, 2022
  • 2 min read
Homem não aparece no próprio julgamento, mas é condenado por tentativa de homicídio no AM

Um réu não compareceu ao próprio julgamento, mas acabou sendo condenado pelo Tribunal do Júri a oito anos de prisão, em regime fechado, por tentativa de homicídio. O julgamento aconteceu em Manaus, nesta terça-feira (1). Já o crime teria ocorrido em 2014.

De acordo com a denúncia do Ministério Público, a vítima é proprietária de uma oficina mecânica e, um mês antes do crime, havia dado emprego ao acusado. Em determinado dia, eles se desentenderam e o homem foi demitido, passando a ameaçar o ex-patrão.

No dia 4 de abril de 2014, o homem, então, teria cometido a tentativa de assassinato contra a vítima. O crime ocorreu na rua Doutor Oscar de Lima Rayol, comunidade Mundo Novo, em Flores.

Apesar de não ter comparecido ao próprio julgamento, o réu teve um advogado nomeado pelo próprio juiz-presidente do Júri, uma vez que ele não é obrigado a comparecer aos atos processuais, mas sim de ter ciência do processo e defesa técnica.

A vítima e uma testemunha do crime compareceram e esclareceram aos jurados como ocorreu o crime. O réu poderá recorrer da sentença em liberdade. Da sentença de oito anos, ele deverá cumprir seis anos e meio, visto que permaneceu preso preventivamente durante um ano e seis meses.