Amazonas Manaus

Juiz decreta prisão preventiva de homem que manteve família refém por 16 horas em Manaus

  • janeiro 20, 2022
  • 1 min read
Juiz decreta prisão preventiva de homem que manteve família refém por 16 horas em Manaus

O homem, que manteve a família refém por 16 horas em Manaus, teve a prisão em flagrante convertida em prisão preventiva. A decisão é do juiz Michael Matos de Araújo e foi decretada na noite dessa terça-feira (18), após realização da audiência de custódia.

O caso ocorreu na segunda-feira (17). Entre os reféns estavam a esposa do homem e duas crianças, uma de 7 e outra de 8 anos.

Segundo a Polícia, o motivo do crime teria relação com uma briga do casal na noite de domingo (16), quando a cunhada do suspeito teria denunciado à polícia que o homem havia agredido a irmã dela.

Depois de uma manhã de negociações, os quatro membros da família deixaram o local. O homem foi preso e encaminhado ao 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Ele tem passagens na polícia por dois homicídios e é suspeito de outros nove, além de responder por violência doméstica.

Ele deve ser indiciado por cárcere privado e foi encaminhado ao Centro de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da justiça.