Homens são mortos a tiros em semáforo no Centro de Manaus

Homens são mortos a tiros em semáforo no Centro de Manaus

Os homens, de 34 e 35 anos, estavam em uma motocicleta quando foram baleados.

Dois homens de 34 e 35 anos foram assassinados a tiros na manhã deste sábado (29) na Avenida Ayrão, no Centro de Manaus. Segundo a polícia, a dupla foi vítima de uma execução que pode ter ocorrido em razão de disputa entre facções criminosas que acontecem nessa região.

O caso aconteceu por volta das 11h quando a dupla estava parada em um semáforo, na esquina com a Avenida Constantino Nery, próximo ao terminal de Integração 1. De acordo com a polícia, os homens foram abordados por um carro, de cor vermelha, que estava do outro lado da via.

O veículo parou ao lado das vítimas, que estavam na motocicleta, e suspeitos fizeram disparos de tiros. Várias cápsulas do revólver foram encontradas no local, que foi isolado pela polícia até a chegada da perícia e de equipes da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Um dos mortos, um homem de 35 anos, era monitorado por uma tornozeleira eletrônica.

Conforme a polícia, a morte pode ter sido motivada por conta da disputa entre facções criminosas, que brigam por pontos de vendas de drogas na área central de Manaus.

“Somente as investigações da Polícia Civil podem apontar, de fato, a ligação, mas não descartamos por conta do histórico e, as mortes aqui no Centro tiveram um índice elevado nas últimas semanas”, disse o tenente Adriel Araújo.

Nesta sexta-feira (28), um homem de 52 anos foi assassinado a tiros em frente à Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP), também no bairro Centro. Ele era presidente da Associação de familiares de preso do Amazonas e, de acordo com a DEHS, pai de um homem preso durante operação contra tráfico de drogas realizada pela Polícia Civil em 2019 em Santa Catarina.

De acordo com a Polícia Civil, o filho da vítima assassinada na sexta-feira (28) é cunhado do narcotraficante conhecido como Zé Roberto.


Fechar Menu