Hospital em Manaus inaugura memorial em homenagem a profissionais que atuam no combate à Covid-19

Hospital em Manaus inaugura memorial em homenagem a profissionais que atuam no combate à Covid-19

Nomes de mais de mil profissionais do Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Platão Araújo estão em parede do auditório da unidade. Doença já infectou mais de 85 mil pessoas no Estado.

O Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Platão Araújo, na Zona Leste de Manaus, inaugurou um memorial, nesta terça-feira (14), em homenagem aos profissionais da unidade que atuam no combate à pandemia do novo coronavírus. Até esta terça-feira (14), mais de 85 mil pessoas foram infectados no Amazonas, e mais de 3 mil morreram com a Covid-19.

Em uma parede do auditório da unidade estão os nomes de mais de mil profissionais do hospital, entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, auxiliares de serviços gerais, maqueiros, vigilantes, cooperativas e profissionais que se trabalharam no atendimento dos pacientes com Covid-19 durante o pico da doença no estado.

Para a coordenadora do Núcleo de Vigilância em Saúde e Qualidade do Hospital, Michele Oliveira, o momento mostrou a importância da união da equipe, que contribuiu para a qualidade do paciente. Ela também ressaltou que o objetivo da iniciativa foi exaltar o profissional que estava na linha de frente do hospital.

A diretora do HPS, Aída Cristina Tapajós, ressaltou que o reconhecimento é uma forma de incentivar aqueles que atuam na no hospital e que vivem uma rotina de grandes responsabilidades, por serem responsáveis pelas vidas de centenas de pessoas. Ela também destacou o orgulho de comandar a unidade.

“Tem sido um orgulho trabalhar com essa equipe tão dedicada. É uma honra estar aqui e que todos esses heróis sejam homenageados a cada momento, não só na pandemia, mas que depois que ela passar”.

Entre os profissionais homenageados estavam os integrantes da equipe de maqueiros, que muitas vezes acabam passando despercebidos na correria diária de uma unidade de saúde.

O maqueiro Aluízio Craveiro foi um dos profissionais reconhecidos. Ele falou sobre como foi passar esse momento. “Foi um momento muito difícil ver o sofrimento das famílias e não poder fazer nada, sofrendo junto com as famílias pelo que estava acontecendo. Era o nosso serviço estar sempre pronto para ajudar”.

Além da equipe de profissionais da unidade, a cerimônia contou com a presença de pacientes que venceram a doença e de familiares daqueles pacientes que perderam a vida por conta da Covid-19. Para essas pessoas, foram entregues placas de homenagem.


Fechar Menu