Internados juntos, prefeito e primeira-dama de Manaus têm quadro estável durante tratamento da Covid-19

Internados juntos, prefeito e primeira-dama de Manaus têm quadro estável durante tratamento da Covid-19

Arthur Virgílio e Elisabeth Valeiko foram internados no hospital Adventista, na capital, após exames detectarem infecção pelo novo coronavírus.

Diagnosticados com Covid-19 nesta segunda-feira (29), o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, e a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, seguem em tratamento nesta quarta (1º) no hospital Adventista. Dividindo um apartamento, os dois têm quadro estável, segundo boletim médico repassado pela prefeitura.

De acordo com boletim médico divulgado nesta quarta-feira (1º) o quadro do prefeito se mantém estável. “Sem necessidade de uso de drogas vasoativas, recebendo medicações por via oral conforme protocolo institucional. Exames laboratoriais já mostram sinais de melhora”. Arthur tem 25% do pulmão comprometido e faz uso de ventilação não invasiva.

A primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro realizou tomografia que mostrou o tórax sem alterações. Ela também se mantém estável, sem sintomas respiratórios, necessitando somente de tratamento sintomático, segundo a prefeitura.

Na noite desta terça-feira (30), o prefeito em vídeo publicado em suas redes sociais, o prefeito disse que com o trabalho que exerce, mesmo cumprindo isolamento social no período mais crítico da pandemia na capital e adotando medidas de prevenção, “uma hora esse encontro com a Covid-19 ia acontecer”.

“Continuarei governando por meio eletrônico enquanto estiver no hospital e logo estarei de volta para comandar de forma presencial a cidade”, afirmou Arthur Neto.

Manaus foi uma das capitais mais afetadas pelo vírus no país e concentra, até a última atualização desta terça-feira (30), 27.169 casos e 1.790 mortes por Covid-19. O Amazonas tem mais de 70 mil casos da doença, com 2.823 mortes.


Fechar Menu