Seduc suspende aulas em Manaus por 15 dias para prevenção contra coronavírus

Medida de prevenção ocorre, até o momento, apenas na capital.

As escolas da rede pública estadual de Manaus estão com aulas suspensas por 15 dias. Em anúncio, o governador do Amazonas afirma que a medida de prevenção contra o novo coronavírus será tomada a partir desta terça-feira (17) e, até o momento, apenas na capital. As aulas da rede municipal também estão suspensas.

O anúncio da suspensão das aulas ocorreu na tarde desta segunda-feira (16), após reunião do governador Wilson Lima com representantes da saúde. Lima informou que estuda, junto à Seduc, a possibilidade de transmitir aulas por meio Centro de Mídias, via internet.

“Estamos recomendando às escolas particulares que façam o mesmo. Não estamos proibindo que as atividades continuem, mas estamos recomendando e sugerindo que isso também seja feito nas unidades particulares de ensino”, disse o governador.

Com relação à manutenção das aulas no interior do estado, que contraria recomendação do Ministério Público do Estado para suspender as atividades em toda a rede de ensino, Lima justificou que a possibilidade de o vírus se propagar nos municípios é “muito menor que na capital”.

“Hoje, estamos tomando uma decisão baseada no cenário aqui da capital. A gente não sabe se amanhã, ou depois, ou daqui uma semana, a gente tenha que tomar uma essa atitude para o interior do estado”, afirmou.

Coronavírus no Amazonas

O primeiro caso confirmado do novo coronavírus do estado – e primeiro no Norte – foi confirmado no dia 13 de março. Trata-se de mulher, de 39 anos, procedente de Londres. O governo divulgou, na tarde desta segunda, que ela está recuperada e já saiu do período de transmissibilidade da doença.

A mulher, no entanto, não pode ser considerada como paciente curada. Para isso, é necessário que novos exames, após um período de 14 dias, testem negativo para o vírus.

“Ela continua em isolamento domiciliar, mesmo não representando mais risco de transmissão. Todas as pessoas que tiveram contato com ela foram monitoradas e nenhuma testou positivo para o Covid-19”, afirma o Governo do Amazonas.

Casos do novo coronavírus descartados

Os últimos quatro casos suspeitos no estado foram descartados. No total, desde a primeira aparição de suspeitas, dos 15 casos notificados e investigados, 14 testaram negativo para o covid-19 no Amazonas.

Ainda de acordo com o governo, não houve nenhum novo registro de casos suspeitos nas últimas 48 horas, segundo o balanço mais recente, divulgado no final da tarde desta segunda-feira (16).


Fechar Menu