Tremor de magnitude 7,4 atinge o México

Tremor de magnitude 7,4 atinge o México

Abalo foi sentido no centro da capital, a Cidade do México, que está a centenas de quilômetros de distância do epicentro. Em Oaxaca, uma pessoa morreu.

Um forte terremoto de magnitude 7,4 atingiu a costa sul do México nesta terça-feira (23), de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS). Na região de Oaxaca, a mais atingida, houve ao menos uma morte.

O abalo foi sentido no centro da capital, a Cidade do México, que está a centenas de quilômetros de distância do epicentro. O tremor chegou a fazer soar os alertas de autoridades para a possibilidade de tsunami na costa do Pacífico.

Tremor atinge o México em 23 de junho — Foto: G1

 

O governador de Oaxaca, Alejandro Murat, confirmou ao menos uma morte no estado que abriga o epicentro do terremoto. Sismólogos apontam que o centro do tremor está a 26,3 km de profundidade e a 12 km da cidade de Santa María Zapotitlán.

A fita de segurança isola área atingida por pedaços de alvenaria que se desprenderam de edifício durante o terremoto em Oaxaca, México, nesta terça-feira (23) — Foto: Luis Alberto Cruz Hernandez/AP

 

Inicialmente, o USGS tinha informado uma magnitude de 7,7 que foi revisada. Ainda assim, tremores deste tipo provocam estragos e, segundo o Serviço Geológico dos EUA, a proximidade deste tremor com a superfície amplifica seus efeitos.

Centenas de pessoas que estavam em prédios e casas correram para as ruas na Cidade do México. Alberto Ibanez, um fotógrafo em Oaxaca, disse à Reuters que o terremoto deixou uma rachadura em seu apartamento e derrubou livros e vasos de sua casa.

Médicos e pacientes precisam sair de hospital por causa de terremoto no México, em 23 de junho de 2020 — Foto: Carlos Jasso/Reuters

Alerta de tsunami

As autoridades americanas emitiram um alerta de tsunami para as costas do sul do México, Guatemala, El Salvador e Honduras, após um forte terremoto em território mexicano que abalou nesta terça-feira a América Central.

Este alerta emitido pelo Centro de Alerta de Tsunami do Pacífico cobre um raio de 1 mil km ao redor do epicentro do terremoto, no estado mexicano de Oaxaca.

A empresa SkyAlert, que tem rede própria de sensores, afirmou mais cedo sobre a possibilidade de tsunami, e recomenda que as pessoas não fiquem próximas à costa nas regiões de Oaxaca – onde há praias frequentadas por turistas – e Chiapas.

Fonte: G1


Fechar Menu