Família e amigos de amazonense de 15 anos assassinada na Holanda fazem protesto em Manaus

Família e amigos de amazonense de 15 anos assassinada na Holanda fazem protesto em Manaus

Ato busca pedir ajuda do Ministério das Relações Exteriores para custear translado do corpo a capital. “Era muito estudiosa, falava cinco idiomas e queria ser advogada”, diz família.

Familiares e amigos da amazonense Alice Vitória Oliveira de Albuquerque, de 15 anos, assassinada em Rotterdam, na Holanda, realizaram um protesto em Manaus, neste domingo (16), para pedir ajuda para trazer o corpo da jovem para a capital. A adolescente foi morta com uma facada, na quarta-feira (12), e uma colega de 16 anos é suspeita do crime.

Segundo o tio de Alice, Edvar Albuquerque, a família busca apoio do Ministério das Relações Exteriores e do Consulado do Brasil nos Países Baixos, para ajudar no custeio do translado.

“Essa reivindicação é para ver se conseguimos o translado do corpo. Queremos pedir o apoio do Itamaraty e do Consulado pra fazer essa remoção. Estamos sofrendo cada dia mais e pedimos justiça. Tanto do Brasil quanto de lá da Holanda. Orçamos o valor do translado em mais ou menos R$ 50 mil e queremos a ajuda das autoridades”, disse.

Familiares e amigos da jovem realizaram ato em Manaus, neste domingo (16). — Foto: Matheus Castro/G1 AM

Fechar Menu