Feirante é morto a tiros em Manaus

Feirante é morto a tiros em Manaus

Segundo a polícia, suspeito de cometer crime desceu de ônibus em frente a banca e atirou contra a vítima.

Um feirante, de 60 anos, foi morto a tiros na Avenida Djalma Batista, em Manaus. De acordo com a polícia, o crime ocorreu enquanto a vítima montava a banca de trabalho. O atirador fez dois disparos e fugiu sem ser identificado.

“Um indivíduo desceu do ônibus na parada em frente ao mercado, se aproximou lentamente do feirante e efetuou os disparos na cabeça dele. Não houve discussão, ele só atirou e correu para uma rua no bairro São Geraldo. Esse atirador usava uma máscara e, quando fugiu, trocou a camisa”, contou o 1° sargento D. Nunes, da 22a Companhia Interativa Comunitária (Cicom).

Segundo a PM, a equipe chegou a realizar buscas próximo ao local em que a vítima foi morta para tentar localizar o suspeito, mas ele não foi encontrado.

O delegado Luis Rocha, da Delegacia de Homicídios e Sequestros (DEHS), informou que a vítima estava com a esposa no momento do crime.

“Chegamos a conversar com familiares, mas eles contam que a vítima não tinha nenhum tipo de atrito com ninguém e desconhecem qualquer ameaça. Mapeamos as câmeras para onde o suspeito fugiu e vamos levantar o itinerário de fuga para identificação”, explicou.

Para a PM, os demais trabalhadores da feira contaram que a vítima atuava no local há 20 anos. Para os colegas, o feirante era uma pessoa calma e não tinha problemas com ninguém.

Abalados, os familiares da vítima preferiram não falar com a imprensa.

O feirante era morador do bairro Morro da Liberdade, na Zona Sul da capital. O caso é investigado pela DEHS para identificação da autoria e motivação do crime.


Fechar Menu