Mouhamad Moustafa, chefe da quadrilha que desviou mais de R$ 110 milhões da Saúde no Amazonas, tinha seis amantes e não raro batia nelas e na própria esposa. VEJA BOLETINS DE OCORRÊNCIA

Mouhamad Moustafa, chefe da quadrilha que desviou mais de R$ 110 milhões da Saúde no Amazonas, tinha seis amantes e não raro batia nelas e na própria esposa. VEJA BOLETINS DE OCORRÊNCIA

É isso mesmo que você leu no título: o médico Mouhamad Moustafa, chefe da quadrilha que desviou mais de R$ 110 mil da Saúde no Amazonas, tinha seis amantes e com relativa frequência batia nelas e na esposa também.

 

A maioria delas apanhava calada, pois não queria perder a boa vida que Mouhamad Moustafa lhes proporcionava com dinheiro dos cotnribuintes.

 

Só uma delas, Rachel Pinheiro Rodrigues, cansada de apanhar de Mouhamad, resolveu registrar boletim de ocorrência, e mesmo assim por injúria, embora no depoimento que prestou à polícia tenha relatado que várias vezes havia sido vítima de agressão física por parte do médico.

 

Também registrou boletim de ocorrência a esposa de Houhamad, Janaina Coutinho Moustafa.

 

O boletim foi registrado menos de três meses depois de Mouhamad ter sido solto após pagar fiança.

 

VEJA O DOCUMENTO:

 

 

Segundo uma fonte, Houhamad dava para cada uma das seis amantes R$ 15 mil mensalmente, além de pagar aluguel, água e luz.

 

De acordo com a mesma fonte, Houhamad tem uma apetite sexual insaciável. “Ele dividia o tempo dele entre roubar dinheiro público e fazer sexo com as amantes”, ressaltou a fonte.


Fechar Menu